Publicado por: @UniversoAdmin | junho 26, 2010

A SILENCIOSA INVESTIDA DA REDE GLOBO

A SILENCIOSA INVESTIDA DA REDE GLOBO

Dias atrás eu conversava com minha esposa sobre a programação da Rede Globo, do padrão de qualidade, da audiência, do investimento gigantesco em publicidade e das inúmeras repetidoras espalhadas no Brasil e no mundo.*

Acontece que a Globo, com todo esse poder de penetração na sociedade e dentro de nossas casas, vem introduzindo, silenciosamente, uma cultura de libertinagem, traição, adultério e rompimento com a célula familiar de forma sutil.*

Com o advento do BBB10 a Globo conseguiu o que ela vinha tentando há muito tempo, o beijo gay ao vivo. Em duas cenas do BBB 10 aconteceram dois beijos gay e quando um deles foi “líder” a produção do programa teve o cuidado de colocar sobre uma estante a foto do beijo, com isso a Globo faz com que seus fiéis telespectadores vejam o beijo gay como algo comum e engraçado, ou seja, aceitável.*

Agora, nas novelas globais o beijo gay vai acontecer, induzindo esse comportamento aos jovens e adolescentes, induzindo legisladores a criarem leis que abonem tal comportamento.*

No mesmo BBB 10 uma das participantes declarou-se lésbica e com essa declaração todas as demais mulheres do programa se aproximaram dela sendo protagonizado o selinho lésbico no programa e todos os demais a apoiaram sob o manto sagrado do não preconceito.*

Na novela Viver a Vida o tema principal mostrado de forma engraçada e aceitável é a da traição e do adultério.*
A Globo leva ao telespectador ao absurdo de torcer para que um irmão traia o outro ficando com sua namorada.*
A traição nessa novela é a mola mestra da máquina, todos os personagens se traem, e isso é mostrado de forma comum, simples, corriqueiro.*

Mas talvez, a investida mais evidente e absurda esta na novela das 6h, Cama de Gato.*
A Globo superou todos os limites nessa novela ao colocar como tema uma música do grupo Titãs.*
Na música, nenhuma linha de sua letra se consegue tirar algo de poético, de aconselhável pra vida ou de apoio.*
A letra da música faz menção discarada do Inimigo de nossas almas que deseja entrar em nossa casa (coração) e destruir tudo, tirarem tudo do lugar (destruir a célula familiar e nossa fé).*

A música chega ao absurdo de dizer que devemos voltar à mesma prisão, a mesma vida de morte que vivíamos.*

Amados amigos, fica o alerta, às vezes nem nos damos conta do real propósito de uma novela, de um programa, de uma música, e como Jesus esta às
portas, as coisas do mal estão cada vez mais evidentes e claras. Até os incrédulos estão percebendo que algo esta errado.*

Aproveito para trazer ao conhecimento a letra dessa música, cuidadosamente escolhida pela Globo para servir de tema da dita novela; **música de abertura da novela.**

Vamos deixar que entrem Que invadam o seu lar**
Pedir que quebrem Que acabem com seu bem-estar
Vamos pedir que quebrem O que eu construi pra mim
Que joguem lixo Que destruam o meu jardim*

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro**
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro*

Vamos deixar que entrem Que invadam o meu quintal**
Que sujem a casa E rasguem as roupas no varal
Vamos pedir que quebrem Sua sala de jantar
Que quebrem os móveis E queimem tudo o que restar*

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro**
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro*

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo
desespero*

Vamos deixar que entrem Como uma interrogação**
Até os inocentes Aqui já não tem perdão
Vamos pedir que quebrem Destruir qualquer certeza
Até o que é mesmo belo Aqui já não tem beleza*

Vamos deixar que entrem E fiquem com o que você tem**
Até o que é de todos Já não é de ninguém
Pedir que quebrem Mendigar pelas esquinas
Até o que é novo Já esta em ruinas*

Vamos deixar que entrem Nada é como você pensa**
Pedir que sentem Aos que entraram sem licença
Pedir que quebrem Que derrubem o meu muro
Atrás de tantas cercas Quem é que pode estar seguro?*

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro**
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro*

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo
desespero*

Imaginem nossas crianças cantando isso? Trazendo isso pra dentro do coração e da alma dela?***

Tente imaginar de onde o compositor dessa pérola tirou inspiração para compôr tamanha afronta?***

A palavra de Deus é clara quando diz; quem esta de pé, veja que não caia. e ainda; examinai todas as coisas, retende oque é bom.*

Ai pergunto, parafraseando a própria Bíblia; pode porventura vir alguma coisa boa da Rede Globo?*

Pense nisso, anuncie isso, faça conhecer, livre alguns dessa humilhação, dessa falta de futuro, dessa cela de prisão.*

Jesus esta à porta, e você o que tens preparado para quem será ?

este foi um e_mail que recebir ok

Publicado por: @UniversoAdmin | janeiro 28, 2010

UNICAST – PL 122/06 – Lei da Homofobia

Para ouvir esse podcast, ou baixa-lo, clique no endereço abaixo:
http://www.4shared.com/file/209075589/5dbb1120/unicast_plc122.html

A primeira edição do UniCast, o mais novo podcast da internet, já vai dar o que falar… O tema discutido foi a cerca do projeto de Lei, que criminaliza uma opinião contrária ao homossexualismo. Um projeto de Lei que tem sido levantado por uma elite que domina o poder da comunicação no Brasil. Ou seja, talvez em breve na sua igreja, o pastor ou padre, vai se ver obrigado a realizar um casamento de homossexuais. Se essa lei for aprovada, em breve você irá ver um casal gay tendo relação sexual em locais publicos, e ninguém poderá dizer nada. Se essa lei for aprovada, o pedofilo terá amparo judicial para abusar de crianças… SAIBA COMO IMPEDIR ESSA LEI!

Ouça esse podcast e fique esclarecido quanto a essa questão.

Com apresentação de:
Lucas Oliveira (Blog UNIVERSO UNIVERSAL)
Euclides Macedo (Equipe IURD TUBE)
Alexandre Fernandes (Blog CRISTAO DA UNIVERSAL)

Convidados Especiais:
Pastor Sandra (Blog AMIGOS DO CRIVELLA)
Rubens Teixeira (Direto ao Assunto)
Paulo Teixeira (Blog HOLOFOTE)

Links relacionados ao tema:
Documentação da PL122
Parecer Juridico do Projeto de Lei
Primeira escola Gay (Noticia do R7)
BBB 10 – Homossexualismo e depravação
Doutrina da Igreja Universal inspira evangelicos

Publicado por: @UniversoAdmin | outubro 29, 2009

O ateu que não vive sem Deus

ateusO escritor português José Saramago (prêmio Nobel de literatura, em 1998) acaba de lançar outra obra que tem como pano de fundo a Bíblia Sagrada. No livro “Caim”, Saramago busca, mais uma vez, questionar e colocar em dúvida a justiça de Deus e apontar um criador que, sob seu ponto de vista, é “cruel, invejoso e insuportável”.

Em uma entrevista à revista portuguesa “Visão”, José Saramago define a Bíblia como “um manual de maus costumes”, onde se encontra todo tipo de atrocidades, e procura, com sua retórica intelectual, questionar a veracidade das Escrituras, opondo-se veementemente ao conceito de que ali se registre a Palavra de Deus. “Sobre o livro sagrado, eu costumo dizer: lê a bíblia e perde a fé”, repete Saramago na entrevista.

Em 1991, o escritor já havia causado polêmica com o livro “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”, no qual sugere uma relação amorosa entre Jesus e Maria Madalena, no que parece uma tentativa desesperada de aproximar-se do divino, humanizando a figura de Cristo, já que o caminho inverso lhe parece improvável.

“Ateu empedernido”, como ele mesmo se define, e comunista por ideologia, os argumentos de Saramago em sua obsessão por “desmascarar” Deus perdem-se entre acusações à Igreja Católica – remetendo-se a atos como a inquisição, as cruzadas, as masmorras e tudo que faça parte de um passado opressor em que a instituição exercia claro domínio social e político sobre a sociedade cristã – e uma espécie de inconformismo por não encontrar na Bíblia a retratação de um deus que provavelmente povoe seu imaginário ateu.

Dizer que um ateu conceba qualquer tipo de imagem relacionada a Deus pode parecer um contrassenso, mas o próprio discurso de Saramago sobre o tema é contraditório e confuso. Ele mistura conceitos e definições sobre Bíblia, cristianismo e igreja católica como se tudo fosse algo único. Diz que a Bíblia é “manipuladora”, como se as pessoas fossem dominadas por uma espécie de torpeza e ficassem desprovidas de opinião própria ao lerem as Escrituras. Reivindica e valoriza a liberdade que, segundo ele, é negada e oprimida por Deus, mas prega o comunismo, que é um dos regimes mais castradores da história política mundial. Sentado no trono de sua reconhecida e aplaudida intelectualidade, vale-se do prestígio alcançado por sua importância literária para “impor” sua opinião como verdade absoluta e julgar ignorantes os que não concordam com ele.

Mas, o que é mais ambíguo, paradoxal e interessante no discurso de Saramago é a energia que ele despende para criticar, debater e contradizer algo que ele mesmo acredita que não existe. Saramago não concebe ou aceita os mistérios e a mensagem espiritual da Bíblia porque só consegue lê-la e interpretá-la de forma racional e literária e não admite ou não enxerga a relevância de um livro que tenha atravessado os séculos e continua atual.

A própria Bíblia aponta, literalmente, o caminho que Saramago deveria seguir para lê-la e aceitá-la sem questionamentos racionais quando afirma a existência de mistérios, dizendo: “As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos…” (Deuteronômio 29:29).

O discurso de Saramago nos leva a crer que, talvez para seu próprio desespero, ele se revele um dos maiores buscadores de Deus. Mas sua arrogância intelectual só lhe permitiria aceitar um Deus explicável, que coubesse na limitada caixa da compreensão humana e que não dependesse do desconfortável e inseguro – do ponto de vista racional – conceito de “fé” para ser aceito. Mas, o Deus em quem Saramago não crê “…escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir os sábios…” (I coríntios 1:27)

Por Inahiá Castr

Publicado por: @UniversoAdmin | outubro 23, 2009

A falsa intenção da religiosidade

Você já ouviu falar na mutilação genital feminina? É um tipo de incisão, na qual algumas partes do órgão genital feminino são extraídas para que a mulher não sinta prazer nas relações sexuais.

Acredita-se que essa prática ainda exista devido à influência de crenças em ancestrais africanos. Mas, de acordo com estudos, a razão predominante para este procedimento é a tradição. Esse tradicionalismo justifica-se por vários motivos que, em minha opinião, por nada neste mundo justifica tal brutalidade: 1 – preservar a virgindade da mulher até o casamento; 2 – proteger a honra da família; 3 – tornar a futura esposa mais dócil e menos propensa à promiscuidade, apesar de reduzir seu desejo sexual; 4 – aumentar o prazer do homem; 5 – evitar que as jovens sejam rejeitadas como esposas, caso não sejam circuncidadas; enfim. Poderia enumerar uma lista, mas nada, como já disse, justifica tal ato.

A religião atrai as pessoas, sem que elas percebam, para infiltrar em suas mentes pensamentos totalmente contrários ao que Deus ensina, fazendo, assim, com que sejam cauterizadas em seus entendimentos.

É isso o que o apego à religiosidade faz: tira a visão espiritual das pessoas. Justamente aquilo que as faria pensar acaba sendo retirado pela religião.

Não foi à toa que até um dos maiores filósofos do mundo, Karl Marx, classificou a religião como sendo o “ópio do mundo”. O ópio é um narcótico. E, como todos nós sabemos, a função de todo narcótico (droga) é entorpecer.

O espírito da religiosidade faz assim. Retira das pessoas o senso crítico para que, após estarem entorpecidas e alienadas, injete em seus intelectos suas falsas intenções. É por este motivo que temas como aborto e homossexualismo, por exemplo, insistem em ser considerados tabus pela religião. Não deveria ser assim. Acredito que o mundo seria bem menos hipócrita se as pessoas agissem como pensam, de verdade.

Pense nisto: se tivermos que tomar cuidado com alguma coisa, que seja com esse espírito enganador da religiosidade. E, além disso, que possamos ter o cuidado de guardar a nossa fé, que é a única capaz de nos manter com os olhos espirituais sempre abertos.

Mas, isso só irá acontecer se essa fé for a inteligente!

Um grande abraço!

Jaqueline Corrêa.

Publicado por: @UniversoAdmin | outubro 3, 2009

Muito…Muito Além do Cidadão Kane

“Muito Além do Cidadão Kane” é um documentário produzido pela BBC de Londres – proibido no Brasil desde a estréia, em 1993, por decisão judicial – que trata das relações sombrias entre a Rede Globo de Televisão, na pessoa de Roberto Marinho, com o cenário político brasileiro. – Os cortes e manipulações efetuados na edição do último debate entre Luiz Inácio da Silva e Fernando Collor de Mello, que influenciaram a eleição de 1989. – Apoio a ditadura militar e censura a artistas, como Chico Buarque que por anos foi proibido de ter seu nome divulgado na emissora. – Criação de mitos culturalmente questionáveis, veiculação de notícias frívolas e alienação humana. – Depoimentos de Leonel Brizola, Chico Buarque, Washington Olivetto, entre outros jornalistas, historiadores e estudiosos da sociedade brasileira. “Todo brasileiro deveria ver Além do Cidadão Kane”

Veja o Filme completo abaixo, deixe carregando, va ler outro blog enquanto carrega:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Baixar Filme em torrent (645 Mb)

Para os que não assistem Rede Globo, pois dizem não a manipulação, Eu vos saudo.

alecom@viniciusmadureira.com.br
Publicado por: @UniversoAdmin | outubro 2, 2009

ENEMai

EnemaiApós vazamento do Enem, MEC (Ministério da Educação) liberou as provas que seriam realizadas neste fim de semana, 3 e 4 de outubro. O exame seria realizado em 113.857 salas de 10.385 escolas diferentes pelo país. Ao todo, mais de 4,1 milhões de candidatos estão inscritos.

http://www.4shared.com/file/136902325/e3dd379d/NOVO_ENEM_2009.html

O ministério afirma ter outra versão da prova, que deve ser realizada em até 45 dias. Este ano, o Enem tornou-se requisito para a entrada em pelo menos 40 universidades federais. Além disso, o exame é obrigatório para quem disputa uma bolsa do ProUni (Pograma Universidade para Todos).

Publicado por: @UniversoAdmin | setembro 20, 2009

REDE GLOBO – O CÂNCER DO BRASIL

Porque a Rede Globlo persegue a Igreja Universal?
Para onde vai o dinheiro das doações feitas para Igreja Universal?
O que existe por detrás do Império Global?
Muitas revelações inéditas na Folha Universal dessa semana…Vale a pena conferir!!!

Para baixar a Folha Universal, clique aqui.

Folha Universal

Publicado por: @UniversoAdmin | setembro 6, 2009

A verdade por de trás do BBB

Big Brother: um cancer social.

marcha para JesusO Dia Nacional da Marcha Para Jesus

Exmo Senhor Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva
Exmo Senhor Vice-Presidente da República José Alencar Gomes da Silva
Exmo Senhora Ministra da Casa Civil Dilma Houssef
Exmo Senhor Ministro da Casa Civil José Mucio
Exmos Senhores Senadores e Deputados presente ao evento
Meus irmãos Bispos, Reverendos, Pastores, Mestres, Evangelistas, Apóstolos

Nesse momento solene em que nos reunimos diante da nação e sob o olhar de Deus, para presenciar e celebrar com ardor cívico e cristão a  sanção da lei que institui o Dia Nacional da Marcha Para Jesus, brilha no céu da pátria a luz da nossa fé.
Essa fé representa, na sua simplicidade e beleza , o mais alto sacrifício, a mais difícil renúncia, tudo que de cada um de nós for preciso abnegar nesse ideal que nos acalenta e nesse propósito que nos anima, que consiste em cumprir a sagrada e honrosa missão de amar, defender, divulgar e preservar para sempre, o Nome de Jesus e seus ideais de paz.

Esta marcha  é por essência uma marcha de fé mas também  do amor e portanto ela é contra o ódio, a intolerância, a violência, a desigualdade e o preconceito.  Ela traz em si a lembrança  do sacrifício expiatório de Cristo que, nascido de uma virgem, viveu sem pecado, se entregou, foi supliciado, morreu e ressuscitou pela força do amor. Um amor imensurável, imaculado, incontido, imbatível e arrebatador. O amor de quem passou neste mundo e pregou a verdade, plantou a semente da felicidade e orava por nós até mesmo na agonia infinita da cruz. Ele não precisou de TV, nem de rádio ou jornal, mas  no show desta vida Ele é o principal. Conquistou multidões com  a força do amor. Mesmo cansado e ferido jamais blafesmou. Foi réu sem pecado, sorriu, perdoou, e para um mundo sem rumo o caminho só Ele mostrou. Amor como esse jamais se viu nem nunca se verá.  Amor de um Deus que amou o mundo de tal maneira que tudo entregou,  perdoou,  suportou,  sacrificou com a  esperança de erguer a humanidade perdida nos ódios e nas paixões.

A Marcha para Jesus é assim a marcha do amor de Cristo para o Brasil, para os brasileiros, para os estrangeiros que vivem  entre nós,  mas sobretudo e principalmente, para  os que choram e precisam ser consolados; os que tem fome e sede de justiça e precisam ser saciados, os que estão enfermos e presos e não são assistidos, os que vivem com seus filhos nos  barracos improvisados, frios e escuros, dos becos das favelas, hediondo monumento da  nossa vergonhosa desigualdade social, levando uma sub-vida  num sub-mundo de privações e opróbrios. É  pelos esquecidos nos povoados longínquos do  sertão do Brasil que gemem de aflição e padecem de angústia. Sim é por eles também que marchamos.

Essa Marcha é  o  brado de reafirmação da nossa  fé inabalável  nos  ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, mas como de origem e substância cristã, pois o cristianismo é quem  primeiro proclama, no curso acidentado das civilizações, ser o homem livre e responsável, considera-nos a todos iguais e irmãos e reconhece que todos temos direito à partilha dos bens terrenos, pelo menos na medida da nossa necessidade, a fim praticarmos as virtudes e cumprirmos o nosso destino.
Se não dissermos isso as futuras gerações com o exemplo do nosso idealismo e renúncia, se desprezarmos esses postulados  seria insitir em medidas de superfície. Seria enganar a nós mesmos. Todo crescimento econômico será nulo se não houver entre nós homens de caráter cristão que nos dêem instrumentos idôneos e eficazes para garantir o bem estar para todos.

A liberdade sem Cristo tende a extrapolações inconvenientes que transpõe por vezes os limites impostos pela razão  e desvirtuam a sociedade corrompendo os bons costumes. A igualdade sem Cristo comete a injustiça de desconsiderar o esforço individual, recompensando do mesmo modo esforçados e indolentes, afrontando os princípios naturais de que aquilo que o homem plantar isso mesmo colherá. A fraternidade sem Cristo é apenas um discurso vazio que fenece ante a volúpia avassaladora do lucro e do poder.

O próprio capitalismo sem a ética cristã é a crise impiedosa que assola o mundo sob o império da opressão do mais forte. É a desbragada  exploração do fraco com os mecanismos financeiros do capital desalmado que se presta como dócil vassalo a ganância insaciável dos homens da fortuna.

A Marcha Para Jesus é para todos. Todos são bem-vindos, sem distinção de cor, sexo, nacionalidade, profissão, religião, condição social ou nível intelectual. Como o amor de Deus, ela há de ser como o sol e a chuva que são para todos.
Que marchem portanto os homens de boa-vontade, os mensageiros da paz, os que defendem o bem estar social para todos e o engrandecimento da pátria pela força do trabalho. Que marchem  os que confiam nas promessas de Deus e querem repartí-las com todos que se disponham a ouví-los. Os que sabem e os que querem aprender que é na prática dos ensinamentos cristãos que se fudamenta a tranquilidade das famílias, o progreso moral e a prosperidade de um povo.
Que marchem também os solitários que procuram alento, os perdidos que procuram um caminho, sim que venham todos, que tomem as ruas e as nossas avenidas por todo o vasto território nacional, numa procissão triunfal dos nossos valores espirituais, para que surja nos horizontes infinitos da esperança dessa terra que Deus nos deu a manhã ensolarada de um novo porvir onde o amor entre nós seja sem fingimento; que haja tolerância, o culto da liberdade, o respeito ao direito e acima de tudo a fé em Deus, que acrisola as mais puras essências das virtudes da nossa nacionalidade,  fundamenta a civilização brasileira e nos conduz no rumo seguro da justiça, do progresso, da bondade e da paz.

Marcha Brasil para os braços de Cristo!
Senador Marcelo Crivella

Publicado por: @UniversoAdmin | setembro 6, 2009

7 de Setembro – (IN)dependência do Brasil

Grito_de_Independência

Older Posts »

Categorias